Crédito Consciente

O cartão de crédito é uma das invenções mais práticas e inteligentes da sociedade contemporânea. Dispensa o uso de cheques e dinheiro vivo, viabiliza compras pela internet e dá prazos folgados de pagamento.

Tanto que bilhões de pessoas usam cartões de crédito em praticamente todos os países do mundo. Mas é preciso ter consciência para fazer do cartão um aliado e não o vilão de suas finanças e causa de endividamento.

O Banco Votorantim Cartões prima pela qualidade de seus serviços e também pela preocupação com os interesses dos seus clientes. Por isso, criamos algumas dicas úteis para que você, nosso cliente, pratique o uso consciente do seu cartão de crédito. Confira:


Previna-se

  • Pesquise para escolher o modelo de cartão de crédito que mais se aplica às suas necessidades e ao seu bolso.
  • As taxas, anuidades, dias de pagamento e limites são pontos importantes nessa escolha.
  • Fonte de dinheiro fácil e rápido, o cartão deve ser parte de um planejamento eficaz, principalmente para casos de emergência. Sem isso, cresce o risco de descontrole financeiro.

Controle

  • Procure concentrar suas compras e outros gastos em um único cartão de crédito. Isso ajuda você a manter controle sobre as receitas e despesas
  • Pagar no cartão as contas mensais de luz, água, telefone, celular e outras é uma boa ideia para aprimorar ainda mais esse controle
  • Anote sempre os gastos que faz no cartão. Assim, você acompanha as contas dia após dia e não se surpreende ao receber a fatura mensal.
  • Lembre-se que o limite do cartão é um extra a ser usado com inteligência. E que, portanto, ele não é parte de sua renda , mensal. Entender essa diferença é um passo importante para evitar gastos excessivos.

Evite

  • Faça saques com o cartão só quando absolutamente necessários. Pois sua fatura seguinte incluirá as demais compras e despesas do período, o valor do saque e também as taxas referentes aos dias em que você usou o dinheiro vivo.
  • Prefira sempre pagar o valor total da fatura, pois assim não acumula despesas para o mês seguinte.
  • Se você não puder saldar a fatura de uma única vez, procure pagar o máximo possível, entre o valor mínimo e o total da fatura. Afinal, nos períodos seguintes você terá o saldo remanescente para pagar, além das contas regulares do mês.

Lembre-se

  • Pagar o valor mínimo da fatura por vários meses seguidos gera uma dívida crescente, que é a soma das novas despesas e dos juros e taxas quem incidem a cada mês. Essa é a chamada “bola de neve” das finanças pessoais, um caminho comum para o descontrole.
  • Depois de alguns meses, grande parte dos consumidores que adotam essa prática tem dificuldades até para pagar o mínimo. Muitos bancos reavaliam o perfil de risco desses clientes e aumentam as taxas de juros. Se esse for o seu caso, procure o banco e proponha um acordo para a dívida.
  • Se você tem dívidas com o cartão de crédito, refaça as contas e defina quais despesas fixas e variáveis podem ser cortadas ou reduzidas em seu orçamento. É hora também de guardar quantias para saldar ou reduzir a dívida com o cartão.
  • Lembre-se que os juros cobrados no parcelamento de dívidas em cartão de crédito são mais altos que a média de outros parcelamentos. Por isso, assim que possível, pague as dívidas com cartão. É mais vantajoso.

Extrato Anual de Tarifas e Encargos

  • Em cumprimento à Resolução 3919/2010,do Banco Central do Brasil, e visando oferecer informações com clareza e transparência, disponibilizamos aos clientes do Cartão Banco Votorantim o Extrato Anual de Tarifas e Encargos referente ao ano que passou. Para acessar seu extrato, clique em Continuar.

SCR - Sistema de Informação de Crédito

  • O que é SCR?

    É o Sistema de Informações de Créditos do Banco Central (BACEN) para registro e consulta de informações sobre a soma das operações de crédito e responsabilidades por garantias contraídas por pessoas físicas e jurídicas perante instituições financeiras no país.

    As instituições financeiras têm a obrigação de encaminhar ao BACEN o valor de quaisquer operações de crédito, em dia ou com atraso. Você, cliente, ao desbloquear o seu cartão de crédito, autoriza a BV Financeira a consultar e fornecer informações sobre suas operações de crédito.

  • Para que serve o SCR?

    Para disponibilizar informações ao Banco Central sobre operações de crédito contratadas perante as instituições financeiras, com o objetivo de proteger os recursos depositados pelos cidadãos nestas mesmas instituições. Além disto, o SCR é utilizado pelas instituições financeiras, desde que com autorização específica de seus clientes, para avaliar a capacidade de pagamento deles e, desta forma, cobrar taxas de juros menores nas operações que oferecem menor risco de crédito.

    As informações contidas no SCR não possuem caráter restritivo, não se constituindo, portanto, em impeditivo para que o cliente pleiteie a concessão de novas operações junto às instituições financeiras.

  • Como posso ter acesso às eventuais informações a meu respeito no SCR?

    Acesse o site do BACEN e, se quiser informações detalhadas, busque uma das Centrais de Atendimento ao Público do BACEN (vide endereços no site www.bacen.gov.br), munido de documentos pessoais.

  • Quem pode acessar as minhas informações?

    - Banco Central;
    - Instituições Financeiras;
    - Você mesmo

    As pessoas físicas ou jurídicas com dados incluídos no SCR podem consultar informações sobre o montante de sua própria dívida junto às instituições financeiras nos últimos 13 meses discriminadas por credor. Pelo mesmo período, desde que tenham autorização específica, as instituições financeiras podem consultar as informações sem a discriminação de credores.

  • O que faço se a informação inserida no SCR for indevida ou incorreta?

    Caso haja incorreções ou informações indevidas no SCR, contate a instituição financeira responsável pela inserção. Caso a instituição seja a BV Financeira, entre em contato conosco por meio de nossos canais de atendimento.